Logo - Alimentos Processados

Logo - Plataforma de Inovação Tecnológica do ITAL

MITO
Alimento processado com aditivos químicos é comida de mentira

X

FATO
O uso de aditivos químicos não torna falso um alimento

Não existe comida de verdade ou de mentira. Todo alimento processado representa de fato uma comida.
Para o preparo de vários tipos de comida é habitual o uso de aditivos químicos nas indústrias, assim como nos lares, restaurantes e outros serviços de alimentação.

Na culinária doméstica, na cozinha dos restaurantes e no processamento industrial, são adicionadas diversas substâncias aos alimentos sem o propósito de nutrir, mas com o objetivo de modificar ou manter as características físicas, químicas e biológicas ou sensoriais. Não é isso que torna um alimento mais ou menos verdadeiro.

Vários alimentos tradicionais usam aditivos químicos em sua preparação

Maionese caseira

Maionese caseira com emulsificante

Em síntese, a maionese é uma emulsão de óleo com água, isto é, uma mistura cremosa estável de óleo com água. Quando a mistura não é estável a maionese “desanda”. A gema do ovo adicionada contém lecitina que atua como um aditivo com função emulsificante, unindo uniformemente as substâncias químicas presentes no óleo e na água.
Outros ingredientes podem agir como emulsificantes caseiros para preparar maioneses.

Molho de tomate

Molho de tomate com regulador de acidez

Um dos “truques” para reduzir a acidez do molho de tomate é adicionar bicarbonato de sódio que atua como um aditivo que reage quimicamente com as substâncias ácidas presentes no molho.

Bolo de chocolate

Bolo de chocolate com agente de crescimento e aromatizantes

Uma receita de bolo de chocolate caseiro pode incluir fermento em pó que é composto por substâncias químicas (ex.: bicarbonato de sódio e ácido cítrico) que quando em contato com líquidos reagem liberando gás carbônico que faz o bolo crescer.
Pode também conter essência de baunilha, suco de laranja e especiarias.

Conserva caseira com acidulante

Diversas receitas de conservas caseiras de vegetais utilizam o ácido acético do vinagre como um aditivo com funções acidulante e conservante que previnem o crescimento de bactérias e mofo durante o período de armazenamento.

Salada de frutas

Salada de frutas com antioxidante

O suco de limão na salada de frutas é usado para evitar o escurecimento de frutas como a maçã e as bananas. O ácido ascórbico do limão age como um aditivo químico com função antioxidante, conservando as características naturais das frutas e evitando sua rejeição devido à má aparência.

Geleia caseira

Geleia caseira com espessante, estabilizante e acidulante

A textura da geleia de frutas costuma ser obtida pelo açúcar adicionado e/ou pela pectina, um polissacarídeo presente nas próprias frutas, que atua como um aditivo com funções espessante (geleificante) e estabilizante. Nas geleias de frutas com pouca pectina natural, é comum adicionar pectina preparada em casa ou comprada no varejo.
Também pode usar o suco de limão, como aditivo acidulante, para reduzir o pH da geleia e assim obter uma melhor geleificação.